3 de fevereiro de 2015

De Mochila pela Polônia parte I: Torun!

Abril/2013

Para chegar até Toruń, peguei um voo saindo de Dublin para a cidade de Bydgoszcz. No aeroporto de Bydgoszcz, peguei um ônibus até o centro da cidade e de lá, outro ônibus até a estação de trem. 

Esse caminho foi um pouco complicado, fizemos porque conhecemos uma polonesa na estação de trem que nos guiou até 
Toruń, onde ela também desceu. Retornamos de Toruń para Bydgoszcz de ônibus. 

Toruń é uma cidade pequena, medieval e encantadora, mas não foi por isso que escolhi passar o meu aniversário de 32 anos por lá. Conhecer a Polônia sempre foi meu sonho por um motivo: Nicolau Copérnico. 


Astrônomo, matemático, padre e entre outras coisas, Nicolau Copérnico nasceu na cidade de Toruń em 19 de fevereiro de 1473, é o autor da teoria heliocêntrica , o cara que colocou o Sol no centro do cosmos, que revolucionou a astronomia! 

Pois é, sou amante dessa ciência maravilhosa e fã desse cara que "foi o primeiro dos cientistas, que durante a Renascença, desenvolveram o que hoje chamamos de Ciência Moderna." - Ronaldo Rogério F Mourão -Livro Imortais da Ciência "COPÉRNICO - Pioneiro da revolução astronômica". - eu tenho esse livro! :P

Na bela cidade de Toruń, a antiga casa de Nicolau Copérnico é hoje um museu e vocês não fazem ideia do que foi, para mim, poder visitar este museu! 


Chegamos na cidade de Toruń a noite, fomos direto para o hostel. Nos hospedamos no Gotyk hostel, fica bem no meio da cidade histórica, localização perfeita.

               
No dia seguinte, acordei mais do que cedo e depois do café da manhã, fui direto ao museu, que claro, estava fechado! Era muito cedo, mas enfim, a emoção falou mais alto.

Enquanto isso, andamos pela cidade até o museu abrir. Abriu e voltei correndo para poder visitar o local tão esperado. Não consigo descrever a emoção de estar na casa de alguém tão importante afim de mudar a história de uma ciência!

Andei, olhei, apreciei tudo minuciosamente e claro, fotografei. Sensacional!






Muita, mas muita coisa interessante encontrei por lá, mas não vem ao caso colocar tudo isso aqui no blog, até mesmo porque é um blog sobre viagem e não científico... aiaiaiai!

Depois da visita encantadora, fui andar com mais calma pelas ruas de Toruń e conhecer melhor a cidade. É o complexo urbano mais gótico da Polônia. Depois de Cracóvia, é a centro turístico com monumentos históricos mais bem preservado do país.



Toda a cidade é patrimônio histórico mundial da UNESCO (Old City -1233, New City-1264, e o Teutonic Knights' Castle - século 13). É uma das poucas cidades que não foram destruídas na Segunda Gerra Mundial. Entende o valor histórico de Toruń? AMEI!

             
No dia seguinte, visitei o Planetário, claro que essa dica vai somente para loucos por astronomia como eu, caso você não goste, tira essa dica da suas anotações!

Depois do Planetário, aproveitamos para provar a "cerveja rosa", comum na Polônia, principalmente entre as mulheres. É a cerveja normal, mas com um pouco de "groselha" polonesa. Fica uma delícia! Meu pai provou com a nossa groselha e disse que ficou boa... hehehe

Você pode subir na torre do relógio, não me lembro o valor da entrada, mas não é caro e para quem não tem medo de altura, tem uma visão panorâmica da old town. Eu tentei, mas fiquei na porta e não saí. Medo master!! O Ionut saiu e tirou algumas fotos, mas a qualidade é bem baixa, e ele também não é tão bom com fotos, mas mesmo assim vou postar algumas. 

Curtimos um pouco mais de Toruń a tarde e a noite. No dia seguinte partimos para Gdansk e passamos o dia por lá!


--------------------------- 

Nenhum comentário:

Postar um comentário