18 de abril de 2013

De Mochila pela Itália, again - parte 2: Milão


Dia 01

Chegamos a noite em Milão e como andamos o dia todo em Bergamo - com as mochilas nas costas - fomos direto para o hotel.

Nos hospedamos no Hotel Ca'Grande. Fica longe das principais atrações, mas é barato, simples e próximo a estação de trem e metro. Para falar a verdade não gostei muito do local, nada demais, só achei estranho.

Milão é uma cidade grande e só. É bonita, mas prefiro visitar vilas medievais, como Bergamo por exemplo! :)

Nos encontramos com o Elder no metro e fomos conhecer a cidade. A primeira parada foi no Duomo.

O Duomo é a Catedral de Milão. Em estilo gótico, tem 157 metros de comprimento e 109 metros de largura. A catedral tem mais naves do que os Flashmans!(Dãã!) O interior tem cinco naves com 45 metros de altura, dividias por 40 pilares e um transepto com três naves.

A construção do Duomo teve início em 1386 e depois de uma longa história e várias consagrações de Papas, Arcebispos, Napoleão querendo colocar um dedinho dele na construção e uma mistura de neogótico com neobarroco, a catedral (até que enfim) foi finalizada em 1813.

Mais de quatrocentos anos de construção ainda não foi suficiente! No século XX decidiram trocar as cinco portas da fachada, ou seja, o Duomo foi finalizado em 1965.

Tanto trabalho para mais tarde construírem uma réplica em miniatura do Duomo - e em poucas horas - para jogarem na cabeça do Silvio Berlusconi em 2009.


O acesso a Catedral é gratuito. É cobrada somente a visita ao telhado, que é bem bacana e vale a pena. Para chegar até lá pode ser de elevador ou escadas. Claro que fomos pelas escadas! Somos aventureiros! Escada redonda e infinita.. ¬¬'
 





Visitamos a Galeria Vittorio Emanuele II, que fica ao lado do Duomo. A galeria é muito bonita e só tem "lojinhas".

Em uma das entradas, basicamente em frente a Prada, uma bafafá de pessoas em volta da figura de um touro. Fui logo conferir o que é que estava rolando.

Diz a lenda urbana italiana, que se você girar três vezes com o calcanhar direito "nas bolas" do touro, você terá muita sorte.

Na galeria, o touro representa a cidade de Turim (Torino) na Itália, mas o que a sorte tem a ver com as bolas do touro, não consegui descobri ainda... loucura italiana!

Well, eu estava ali mesmo... bora rodar nas bolas no touro! :) - sou contra violência aos animais!! Só piso no saco dos que são feitos de mosaico no chão de Milão!!!
Depois de esmagar as bolas do bichano, fomos visitar o Castello Sforzesco.

O castelo foi construído no século XV por Francesco Sforza, que mais tarde se tornou Duque de Milão. Hoje o castelo abriga o Museu Cívico.
 






Atrás do castelo está o Parco Sempione. Caminhando através do parque, chegamos a Piazza Sempione e ao monumento Arco della Pace.




Para fechar o dia, visitamos as Colunas de San Lorenzo, a mais conhecida ruína romana de Milão, localizada em frente a Basílica de San Lorenzo.
As colunas foram construídas no século II e fazia parte de uma grande casa de banho pública. Foram transferidas para a atual localização no século IV. Ao sul das colunas, está localizado um portão medieval com mármore romano que permanece intacto.


Foi bem ali, nas colunas que as figuras mais estranhas da Itália apareceram: bêbada louca falando (berrando) sozinha e um maluco beleza que decidiu sentar com a gente... por Zeus! Só risada

Dia 02

Segundo dia, visitamos a Cripta de San Giovanni in Concal e o centro popular de Milão.

 E as figuras engraçadas de Milão não param por ai! Entramos por curiosidade em uma igreja e bem na hora, uma missa.

Um bêbado, que havia entrado na igreja antes da gente, decidiu mostrar a todos seu talento. No momento em que uma mulher começou a tocar o órgão, ele se aproximou e simplesmente mostrou a ela como se toca de verdade: meteu a mão nos teclados e mandou ver!

Nos retiramos da igreja por gargalhadas incontroláveis.

Paramos próximo a uma fonte para tirar foto. Olho para o lado e vejo uma senhora tirando os sapatos, arregaçando as calças e as mangas.

Em seguida, ela entra na fonte e... é por isso que o seu desejo nunca se realizou!
Quer dizer, não se realizou se você jogou moedas acima de dez cents, porque se você jogou moedas de cinco cents para baixo, ainda tem chance! Essas ela devolveu todas!


E por ultimo, visitamos o estádio do Milan.

Foi bom rever um grande amigo! Nos divertimos muito!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário