1 de julho de 2011

Cinco meses depois...

Uau! Cinco meses se passaram e...

- Agora virou festa me confundir com egípcia ou indiana. Sempre ouço "Brasil? Pensei que você fosse da Índia!" ou "Você fala árabe?" Cada uma que me acontece...

- Não fiz o último teste de nível na escola. Achei melhor continuar no mesmo por mais um tempinho, passar para o avançado agora não seria bom para mim, não me sinto 100% ainda.

- Pode parecer brincadeira, atravessar a rua ainda é um problema para mim. Mas acredito que mais cinco meses eu me acostumo.

- Minha supervisora no trabalho disse que eu tenho um inglês muito bom. Fiquei feliz, receber um elogio vindo de um nativo, ainda mais dessa supervisora que é "super legal"... Agradeço aos meus amigos de outras nacionalidades,  aos bons professores que eu tive até agora e aos meus amigos brasileiros também, que me ajudam em várias dúvidas!

Uma dica para quem deixa o Brasil para estudar inglês em outro país: não tenha medo de falar e errar, realmente é assim que aprendemos.

Não deixe de se relacionar com pessoas de outras nacionalidades, eles estão aqui com o mesmo propósito que você. Enquanto você conversa com essas pessoas, ambos estão aprendendo. Fiz muita amizade e aprendi muito.

- Em cinco meses conheci dois países: Bélgica e Egito (leiam os posts anteriores) e ainda tenho mais quatro viagens pela frente! :)

Aroveitar as promoções das companhias aéreas de baixo custo, é uma das melhores maneiras de conhecer a Europa.

Claro que elas não oferecem nada de conforto, mas para o mochileiro, o importante é chegar lá! Então, vamos!

Uma dica: para comprar as passagens de baixo custo, você precisa se programar e comprar com antecipação. Por exemplo, durante o ano há vários “Bank Holiday”, são feriados bancários que sempre acontecem às segundas-feiras. Ótima oportunidade para viajar, se você estiver trabalhando.

Em maio, comprei tickets para Inglaterra a baixo custo para viajar no final de Julho, aproveitando o Bank Holiday do dia 02 de Agosto. E paguei €28,00 com a taxa do cartão. Claro, você pode encontrar bem mais barato.

No post “dicas e mais dicas” tem mais informações sobre viagem e no post “você sabia (parte II)” tem o calendário de feriados na República da Irlanda.

- Cinco meses de saudades da minha família, dos meus amigos, da minha cachorrinha linda... mas vou sobreviver! ;)

 - Alguns leitores do blog me perguntam sobre a crise e digo que não vejo o seu sinal. Saiu uma matéria no Irish Times, um tempo atrás, que a Irlanda já recuperou uma boa porcentagem da sua economia.

No post “Antenados com a Irlanda” coloquei links dos principais jornais e site informativos, para quem quiser se atualizar com as notícias da gélida ilha!

Beijos!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário