10 de fevereiro de 2011

Acomodações, dicas e home sweet home!

Data: 06/02/2010
Olá pessoal!
Demorei um pouco para escrever porque, até que enfim, consegui me mudar! Estou em um apartamento muito bom e com quatro amigas que já conhecia antes de sair do Brasil.
O apartamento é espaçoso para cinco pessoas e estou muito feliz pela companhia das meninas e por ter tirado todas as minhas coisas da mala, podendo assim organizá-las em um armário de roupas.
Um conselho amigo para quem vem a Dublin referente acomodação: quando comecei a pesquisar a viagem, me informaram (várias pessoas), que encontrar acomodações aqui era a coisa mais fácil do mundo e que em uma semana você teria onde ficar. Mas não é.  Prestem bem atenção nisso: não é tão simples assim!
Encontrar uma acomodação com pessoas de vários países também não é fácil. Há muitos brasileiros em Dublin e a maioria das casas com vagas livres são na companhia de brasileiros. Mas um conselho legal é: estenda a sua amizade com outras pessoas, além daquelas com a sua nacionalidade, porque você vai acabar conhecendo algum brasileiro em algum canto de Dublin. Isso não é ruim, nós brasileiros somos muito prestativos e aqui tivemos muita ajuda de brasileiros e sou grata a cada um deles!
O que quero dizer é que, para que você não passe um ano da sua vida falando português em um país de língua inglesa e que recebe estudantes de todo o mundo, seja aberto a novas amizades com outras nacionalidades também. Não tenha medo de se expressar em inglês, estão todos aqui para aprender também.
Voltando as acomodações, há vários fatores que você precisa se preocupar, mas um principal no meu ponto de vista é a localização e higiene da casa. Claro, as pessoas com quem você vai dividir o seu espaço também, mas isso é o tempo que vai lhe dizer.
Não feche acomodações sem visitá-las antes! Muitas pessoas saem do Brasil com acomodações fechadas (sem ser com a escola), chegam aqui e se deparam com algo desagradável. Há lugares e lugares. Mesmo acomodações oferecidas pelas escolas devem ser pesquisadas. Algumas pessoas que conhecemos não se sentiram bem em acomodações oferecidas pela escola. Pesquisem muito, é a coisa certa a fazer.
Conseguimos nos mudar por sorte no ultimo dia de acomodação paga. Hoje terminamos de assinar o contrato com a imobiliária. Alugar um imóvel é uma das melhores opções, se você não estiver sozinho. Você pode montar sua própria republica, assim como nós fizemos.
Se você conhece uma galera legal no Brasil que vem para Dublin na mesma época que você, combinem de locarem juntos um apartamento ou uma casa, é a melhor opção. Foi o que aconteceu conosco. Estamos em um lugar próximo a escola e ao centro de Dublin, o que nos possibilita fazer tudo que precisamos on foot, ou seja, economizamos no ônibus (que teve a tarifa alterada hoje para € 1,65!!).
Localização também é fundamental. Você precisa focar a escola, pois será o caminho que você fará por no mínimo seis meses. Verifique se estará próximo a ruas ou avenidas com linhas de ônibus ou Luas, mercados e farmácia.
Como eu havia dito, estamos a quinze minutos do centro e a quinze minutos da escola. No caminho há tudo que precisamos, tem até pontos turísticos como a Catedral de St. Pratrick’s e a Christchurch (mas isso é relevante, hehe).
Outra dica mega importante antes de locar um imóvel, é a localização dos bairros. Dublin é dividida pelo rio Liffey, formando assim lado norte e o lado sul da cidade.
Do lado sul estão os bairros de número par e do lado norte estão os bairros de número impar. Portanto não caia naquela de que Dublin 8 é ao lado de Dublin 9, eles estão bem distantes um do outro. E Dublin 8 está mais próximo de Dublin 12 do que Dublin 11.
Para ficar mais fácil de entender essa divisão, segue abaixo um mapa com os bairros numerados:

Bom, ficam as dicas!
Abraços!

Nenhum comentário:

Postar um comentário