31 de janeiro de 2011

Primeiros passos no velho continente

Aee!! Até que enfim cheguei! :D
Meu vôo saiu de Guarulhos ontem as 21h10 em ponto.  Os serviços da KLM são ótimos, mas para quem não tem muita noção do inglês, fica um pouco complicado, pois a maioria dos comandos, informações vinda do comandante e opções são em inglês, alemão ou holandês (não sei qual dos dois idiomas, mas é algo que você não consegue entender).
A comida servida também é boa, mas chega uma hora que você cansa. Eu não agüentava mais comer a 900km/h! Eles tem uma lista legal de filmes e séries que podem ser assistidas durante o vôo, mas  a maioria em inglês, o que achei muito bom.
Para quem não tem muita habilidade com o inglês, no menu dos vídeos, há uma opção de cursos de línguas, você pode treinar enquanto viaja as 13h00 até a Holanda. É um tempinho bom para isso, rsrs. Você pode acompanhar também todo o trajeto do seu vôo através de um mapa que aparece na tela.
Quando chegamos a Amsterdam, a temperatura estava 0°C. Muito frio mesmo! Em Guarulhos, a KLM já emitiu meu bilhete da conexão, sendo assim, não houve a necessidade de fazer o checkin na Holanda. Se você estiver com o ticket de conexão em mãos, basta seguir as placas e ir direto ao seu portão de embarque.
Os holandeses são chatos para revistarem a mala. Se forem levar creme, perfume ou outra coisa liquida, coloque dentro de um saco transparente, caso contrario eles farão você abrir sua bolsa e colocarão tudo em saquinhos. Não importam quantos... eles o farão.
Não gostei muito de voar com a Aer Lingus. O avião é muito estranho (minha impressão) e o lanche servido a bordo é pago a parte. Eles passam por todas as fileiras perguntando “dinheiro ou cartão”. Fiquem espertos, hehe
O vôo de Amsterdam até Dublin durou pouco mais de uma hora. Embora tenha achado estranho o avião da Aer Lingus, o vôo foi super tranquilo. Chegamos em Dublin as 14h.
Pegamos um taxi no aeroporto e decidimos ir direto para o endereço da residência onde ficaríamos. O taxista, um senhor muito simpático, nos cobrou €25,00 para nos levar do aeroporto até Dublin 8.
O problema foi que ele se confundiu com o endereço e foi parar em outro lugar. Uma casa estranha e com placa de venda. Pensei: ferrou! Mas depois ele se encontrou e encontrou a rua certa. Mas chegando na casa certa, descobrimos que estávamos na casa errada.
Houve uma troca de informações e nos colocaram em uma casa sem vaga. Deixamos as malas no endereço da carta e fomos até a escola para resolver. Chegamos lá e nos foi explicado o que aconteceu, logo tínhamos um endereço novo.
Conhecemos a SEDA e realmente há muitos brasileiros na escola, mas como eu havia dito anteriormente, há muitos brasileiros em Dublin e o aprendizado é muito mais responsabilidade do aluno do que da escola. Vou me esforçar ao máximo para fazer uso somente da língua inglesa, mesmo com brasileiros. Quanto ao método de ensino, saberei somente na próxima semana. Minhas aulas começam no dia 07/02.
Próximo a SEDA e a nossa casa, tem uma unidade do supermercado Tesco. Adorei, pois a comida é muito barata (lembrando que, não adianta ficar convertendo a moeda a todo momento. Aqui se tem euro, se gasta euro e se recebe euro e não reais). Compramos algo para comer quando chegamos e depois voltamos mais a noite para comprar o jantar e o almoço de amanhã.
Ainda não andei pela cidade, chegamos e fomos resolver coisas da escola e documentações que precisamos providenciar.
Amanhã levaremos as documentações para solicitar o PPS Number e de quebra, paramos para conhecer o centro de Dublin.
Ah! Uma dica para os desligados e recém chegados de plantão: cuidado ao atravessar a rua. Para facilitar, pensem sempre que virá um carro na contra mão, porque realmente virá e ele não estará na contra mão, entendido?
Os semáforos aqui emitem um som avisando o pedestre que é hora de atravessar a rua. E olhem para os dois lados!
Abraços! Amanhã terei mais novidades!
Saudades de todos!

29 de janeiro de 2011

Chegou o dia: Dublin, lá vou eu!

Olá Pessoal!!

Embarco para a terra dos Leprechaun amanhã as 21h10.

A ansiedade que comentei anteriormente está com mais força neste momento, acredito que isso vá passar assim que eu chegar do outro lado do oceano.

Amigos queridos que amo tanto, já estou com saudades de todos!!!!!!!!!!!!!

Bjusss e até breve!

22 de janeiro de 2011

Condições climáticas...

Olá Pessoal!!
Faltam 8 dias para meu embarque! Enquanto estou no Brasil, vou postanto informações que podem nos ajudar a conhecer um pouco mais sobre a cidade e o país que vamos morar. 
Ganhei de uma super amiga querida (a Negócio!!!-Ju) um guia fantástico sobre a Irlanda. Há muitas coisas interessantes nele e que vai me ajudar muito enquanto eu estiver no país.
Nesse guia há três tabelas que achei legal dividir com vocês. Elas informam a média diária e mensal da temperatura de Dublin.
Como vocês sabem, o clima lá é previsível: chuva quase todos os dias...
Abaixo as tabelas com as descrições do Guia:
Tabela do Sol
A tabela dá valores para Dublin, mas as condições em todo o país são similares. O sudeste tem mais horas de sol do que as demais partes da Irlanda, enquanto a Irlanda do Norte recebe menos horas de sol do que a República.

Tabela de Chuvas
A Irlanda é um dos países mais chuvosos da Europa, com a chuva durante o ano todo – os valores da tabela abaixo são para Dublin. O oeste é onde chove mais e o sudeste recebe menos chuva do que as demais regiões.


Tabela de Temperatura
Esta tabela fornece as temperaturas mínimas e máximas para a cidade de Dublin. O inverno é ameno em toda a Irlanda (para mim é rigoroso demais!!!), exceto nas altas cadeias de montanhas. As temperaturas mais quentes no verão são registradas no sudeste (é para lá que vou a maior parte do verão!).

Fonte: Guia Visual Irlanda – Folha de São Paulo – paginas 49, 50 e 51

20 de janeiro de 2011

Importante: Alterações nos vôos de conexão com a Aer Lingus!

Olá Pessoal!!

Para quem vai sair do Brasil com a KLM e fará conexão na Holanda, assim como eu e dependerá da Aer Lingus para chegar até Dublin,  não deixem de ler as notícias na página on line do Irish Times.

A empresa está com problemas em resolver um acordo de carga horária com seus pilotos e isso gerou o cancelamento de vários vôos dentro da Europa.

O meu vôo está com data marcada para o dia 31/01, Amsterdam-Dublin, mas o horário que estava no bilhete anterior foi alterado. Verifiquei ontem o meu bilhete, pelo site da KLM e estava ok. Hoje verifiquei novamente, por causa das notícias da Aer Lingus, os horários foram alterados.

Verifiquem seus bilhetes para saber se houveram alterações também!

Link do Irish Times com a notícia sobre a Aer Lingus:

Abs!!

17 de janeiro de 2011

Novas regras referente a Imigração de Estudantes na Irlanda

      O ano passado foi publicado novas medidas que entraram em vigor a partir de Janeiro/2011. Refere-se ao programa de imigração de estudantes não europeus que já estão na Irlanda e para aqueles com viagem marcada a partir de Janeiro/2011.

Mais informações no site oficial:

O sistema de educação para estudantes internacionais foi divido em dois segmentos:
* O Programa de Graduação  - para alunos matriculados em cursos universitários que pertencem ao Nível 7 ou superior do National Framework of Qualifications, conforme tabela abaixo.
 * O Programa de Não-gradução ou de Línguas  - para alunos matriculados em cursos de língua inglesa ou cursos acadêmicos que pertencem ao Nível 6 ou inferior do National Framework of Qualifications, conforme tabela abaixo.

Site National Framework of Qualifications - www.nfq.ie

Tempo de permanência para estudantes do Programa de Não-gradução ou de Línguas
O tempo máximo de permanência de um estudante dentro do Programa de Não-gradução ou de Línguas no país é de 3 (três) anos.
 Depois disto o estudante poderá renovar seu visto SOMENTE se estiver matriculado em um curso que pertence ao Nível 7 ou superior do National Framework of Qualifications, ou seja, ele terá de mudar para o Programa de Graduação, mostrando progressão nos estudos.

Estudantes do Programa de Graduação
Os estudantes que estão matriculados nos cursos do Programa de Graduação deverão mostrar que estão progredindo em seus estudos para renovarem o visto. A duração máxima do programa é de sete anos.
Para que o estudante permaneça no país após o prazo estipulado, ele deverá se encaixar nas condições abaixo:

 - Esteja matriculado em um curso de Doutorado ou participando de um programa de estudos prolongado (como medicina) e não seja possível completá-lo dentro deste período.

 - Aprovação do Ministro da Justice and Law Reform, mediante comprovação que o estudante por algum motivo, não pode completar o curso dentro do prazo estipulado.
ATENÇÃO – estudantes do Programa de Graduação não podem “voltar” para o Programa de Não-graduação ou de Línguas.

MEDIDAS TRANSICIONAIS para estudantes que ESTÃO ATUALMENTE na Irlanda

 - Para cursos que acabam até 31 de Dezembro de 2010:
Qualquer estudante com permissão de permanecer no país, de acordo com o visto no passaporte de GNIB, com vencimento até 31 de Dezembro de 2010, estão sujeitos às antigas regras, ou seja, podem renovar seu curso normalmente, mas quando ele terminar, em 2011, as novas regras entrarão em vigor.

 - Para cursos que acabam a partir do dia  1 de Janeiro de 2011 – para estudantes que estão a menos de três anos no país:  
Os estudantes que desejam renovar o visto, podem fazê-lo, desde que estejam no país na condição de estudante por MENOS de três anos.

 - Para cursos que acabam a partir de 1 de Janeiro de 2011 para estudantes que estão há MAIS de três anos no país:
Estudantes que estão no país há mais de três anos, matriculados em cursos de língua inglesa ou cursos que não são universitários com data de término no dia 1 de janeiro de 2011 ou após essa data, poderão renovar seus vistos SOMENTE se estiverem matriculados em um curso de nível 5 ou 6 de acordo como National Framework of Qualifications e que NÃO seja de línguas. Estes novos cursos têm duração máxima de dois anos e se o estudante pretende ampliar sua estadia após este período, deverá se matricular em um curso de graduação.

 - Para cursos universitários de Nível 7 ou superior de acordo com o National Framework of Qualifications
Estudantes universitários que estão no país há MENOS de sete anos e que a data do término do curso seja a partir de 1 de janeiro de 2011, poderão renovar seu visto por mais um ano, após o sétimo ano de estudo ou até a data final do curso, de acordo com o progresso e presença nas aulas.
Para os universitários que estão no país há MAIS de sete anos, a renovação do visto é permitida, desde que estejam matriculados em um curso de nível superior ao cursado anteriormente, como Mestrado ou Doutorado.

 - Para estudantes que ultrapassaram o tempo de permanência de três anos no país.
Estudantes que ultrapassaram o tempo de permanência no país em função das novas regras, têm o direito a permanecer mais 6 messes. Esta permissão especial NÃO é renovável e será concedida para os alunos que tem o final do curso datado de 1 de Janeiro de 2001 e 31 de Junho de 2011. Durante estes 6 meses o estudante poderá trabalhar do mesmo modo que faria antes das leis entrarem em vigor, pois o visto permanece como estudante. No final deste período, ele deverá deixar o país, a menos que tenha outra forma de permanecer no mesmo.
 Há outra opção para esses estudantes permanecerem no país, aplicar para o Work Permit ou Green Card durante este período e podem, como EXCEÇÃO, fazê-lo diretamente da Irlanda, sem ter de retornar ao país de origem. Caso a aplicação seja aceita ao final dos 6 meses o estudante deve ter seu visto alterado para trabalhador com Work Permit, caso a aplicação NÃO seja aceita, o estudante deverá sair do país e não poderá renovar seu visto na condição de estudante.

NÍVEL DE QUALIDADE DAS INSTITUIÇÕES DE ENSINO
Os cursos de Língua Inglesa devem estar alinhados ao the National Framework of Qualifications pertecendo ao nível 5 ou superior, ou ser aprovada pelo ACELS (órgão que regulamenta as escolas de ensino de língua inglesa).
Cursos de Further Education, que pertencem aos níveis inferiores ao nível 5 do National Framework of Qualification não serão aprovados como cursos para estudantes internacionais. A partir de 1 de Janeiro de 2012, nenhum estudante internacional poderá se registrar para estudar em tais cursos.
Site ACELS : http://www.acels.ie/ (em inglês)


PERMISSÃO DE TRABALHO PARA ESTUDANTES

Em 2001, foi criada a permissão de trabalho para os estudantes, que tem a liberação para trabalhar por meio-período (20 horas semanais) durante o curso e período integral (40 horas semanais) durante suas férias e após o término do curso. Esta permissão PERMANECE A MESMA para 2011.
______________________________________________________________________________________________________

10 de janeiro de 2011

Inevitável ansiedade...

Faltam 20 dias para meu embarque e não estou aguentando de tanta ansiedade.

As reações são diversas: insônia, falta de fome e quando ela vem são as minhas unhas que eu como, dor de barriga entre outros sintomas.

Mesmo com toda essa sequência de eventos estranhos ocasionados pela ansiedade, estou preparada para mais uma nova etapa da minha vida.

Ao mesmo tempo em que a felicidade vem a tona por mais um realização, me sinto um pouco triste também, talvez por ficar um longo período distante das pessoas que amo. Sei que todos torcem para que eu consiga realizar na viagem tudo o que planejei, mas confesso que queria todos comigo.

Nessas duas semanas que antecedem a viagem, procuro aproveitar o máximo que posso do meu país. Passo o maior tempo possível com todos que sentirei muitas saudades e de quebra vou curtindo com muita intensidade o verão do Brasil.

Pois é, até a data do embarque o negocio é conviver com a ansiedade!

Bjus!
________________________________________________________________________________________

8 de janeiro de 2011

Um pouco mais sobre a Irlanda...

Para quem está na contagem regressiva como eu e embarcará logo mais para Irlanda, é interessante saber um pouco mais sobre o país que nos hospedará por um bom tempo.

Segue abaixo o site que contém várias informações importantes como política, geografía etc:

http://www.gov.ie/ (em inglês)

Abs!!