19 de março de 2015

De Mochila pela Áustria: Viena

Bom, começo o post dizendo que Viena não estava na minha lista de "top places" para visitar. Queria muito conhecer a Áustria, mas uma cidade mais tradicional, no meio das montanhas e que me fizesse dizer: Ah! Como a Áustria é linda!

No caminho de Ljubljana até Viena eu vi um pouco desta "Áustria linda", pela janela do trem.

Viena é uma cidade grande, bonita de uma arquitetura sensacional! Mas ainda sinto que preciso voltar para Áustria, hehehe



25 de fevereiro de 2015

De Mochila pela Eslovênia: Ljubljana!

Setembro/2013

Para chegar até Ljubljana, eu e meu amigo saímos de trem de Milão até a cidade de Trieste, na Itália. De lá, pegamos um ônibus e em 1h30 chegamos em Ljubljana.

A capital e a maior cidade da Eslovênia é lugar agradável, cheio de história e com pessoas amigáveis.


18 de fevereiro de 2015

De Mochila pela Itália (3ª vez!): Trieste em algumas horas!

Setembro/2013
 
Depois de quatro dias em Portugal, segui até Milão para me encontrar com o Elder e começarmos mais um mochilão!

Saímos cedo da Estação Central de Milão e fomos até Trieste, no nordeste da Itália. De lá, pegamos um ônibus até Ljubljana, a capital da Eslovênia.

Mas como tivemos que esperar algumas horas pelo o ônibus, decidimos explorar a cidade, basicamente ao redor da rodoviária, hehehe
Trieste, Itália - De Mochila pela Europa! Viviane Rodrigues

15 de fevereiro de 2015

De Mochila por Portugal - parte 1: Porto em um dia!

Setembro/2013
Pois! Cheguei em Porto com o voo direto da Ryanair saindo de Dublin. A recepção no aeroporto português não foi das melhores para os brasileiros. Na hora de passar pela imigração, o atendente pediu para os brasileiros (eu e mais um casal) esperarem ao lado da cabine, enquanto ele atendia todos as outras nacionalidades.

Ficamos chateados com isso, mas enfim, depois que todos passaram, ele nos atendeu. Me perguntou com uma falta de gentileza o que eu iria fazer em Porto, ai respondi "Pegar o trem para Lisboa", o que realmente eu iria fazer, só que mais tarde... :)

Saindo do aeroporto, peguei um trem até a estação central. Lá fora, a recepção foi completamente diferente, fui bem recepcionada pelos portugueses.

O engraçado é que em Portugal trem é "comboio" e ônibus é "auto carro", me confundi um pouco, mas cheguei na estação dos comboios e deixei minhas malas por lé e sai para conhecer a cidade.

Fui para o centro de Porto e me apaixonei pela cidade! Uma pena que fui só para ficar algumas horas, mas se você que lê este post neste exato momento for para Porto, por favor, se programe para ficar mais do que algumas horas!

Porto, Portugal - De Mochila pela Europa! Viviane Rodrigues




De Mochila por Portugal - parte 2: Cascais

Setembro/2013

Cheguei em Lisboa a noite. Na mesma estação, peguei outro trem até Cascais, onde eu me hospedei na casa da amiga de um amigo que acabou virando uma amiga também! :)

Ela nunca me viu na vida e estava as 22h00 na estação de Cascais me esperando! A Mariana é muito gente boa e combinamos um passeio juntas por Sintra no dia seguinte.

Saímos cedo para aproveitarmos o dia em Sintra e no caminho até a rodoviária, a bela paisagem matinal de Cascais!
Cascais, Portugal - De Mochila pela Europa! - Viviane Rodrigue




De Mochila por Portugal - parte 3: Sintra!

Setembro/2013

Saímos de Cascais pela manhã e seguimos para Sintra de ônibus. O ônibus levou cerca de uma hora para chegar em Sintra, mas por causa da mega volta que ele faz.

Chegando lá, decidimos comprar o ticket do ônibus de turismo, até mesmo porque Sintra é no meio das montanhas e os castelos no topo delas... Para caminhar, você precisa no mínimo de três dias para visitar a cidade, porque um ponto fica longe do outro, devido as subidas, mas como nós tínhamos um dia, decidimos aproveitá-lo bem!

Sintra está a 28km de Lisboa e oferece cenários surpreendentes pela beleza natural e pelos majestosos castelos, palácios e mansões espalhados pelos quatro cantos da cidade. As luxuosas mansões serviram de moradia de verão para realeza durante cinco séculos. Por causa do ar puro da serra, os fanfarrões passavam o verão fresquinhos.

Nossa primeira parada: O Palácio da Pena. Mais do que um palácio colorido, é considerado uma das obras primas arquitetônicas mais originais de Portugal. Uma mistura de estilos góticos, manuelino e mourisco com grandiosos jardins.
Palácio da Pena - De Mochila pela Europa! Viviane Rodrigues



No século XII, no lugar do castelo havia uma capela dedicada a Nossa Senhora da Penha. Em 1503, iniciaram a construção de um mosteiro com o mesmo nome. A construção foi ordenada pelo rei D. Manoel e foi entregue a ordem de São Jerônimo, mas em 1834 as construções foram abandonadas devida a extinção das ordens religiosas em Portugal.

De Mochila por Portugal - parte 4: Lisboa!

Setembro/2013

De Cascais, pegamos um trem bem cedo e fomos passar o dia em Lisboa. Nossa primeira parada foi para visitar a Torre de Belém e comer os famosos pasteis.
Torre de Belém - De Mochila pela Europa! - Viviane Rodrigues
A Torre de Belém na verdade se chama "Torre de São Vicente", homenagem ao padroeiro da cidade de Lisboa. A construção da Torre, erguida nas margens do rio Tojo, teve início em 1514, sob o comando de D. Manoel I, tinha como finalidade, nada mais, nada menos, do que a defesa do porto. A construção foi concluída somente em 1520.

De Mochila por Portugal - parte 5: Óbidos!

Setembro/2013

Saí de trem (ou comboio) de Cascais até a estação Central de Lisboa. De lá, fui até a rodoviária (ou Terminal de Auto-Carro) comprar o ticket para Óbidos. Os ônibus não saem de dentro da Rodoviária e sim de uma rua paralela a rodoviária.

Consegui deixar a mochila e a mala (cheia de vinhos do porto) com o atendente da cia. de ônibus que eu comprei os tickets. Não existe guarda volumes na rodoviária e o cara foi muito legal comigo segurando as minhas malas até eu voltar para Lisboa.

Óbidos fica 80km de Lisboa e os horários de ônibus não ajudam muito, por isso, se você for passar o dia por lá como eu fiz, aconselho ir bem cedo e consultar o horário de retorno antes de sair de Lisboa. 

Ao passar pelo portão de entrada da Vila de Óbidos, você simplesmente entra em séculos de histórias. Celtas já habitavam o local em 308aC. Romanos e Visigodos também conquistaram o lugar. No século VIII os Muçulmanos tomaram conta da Vila e em 1147 D. Afonso Henriques acabou com a brincadeira e passou a ser o novo dono do pedaço.
Castelo de Óbidos - Viviane Rodrigues

3 de fevereiro de 2015

De Mochila pela Polônia parte I: Torun!

Abril/2013

Para chegar até Toruń, peguei um voo saindo de Dublin para a cidade de Bydgoszcz. No aeroporto de Bydgoszcz, peguei um ônibus até o centro da cidade e de lá, outro ônibus até a estação de trem. 

Esse caminho foi um pouco complicado, fizemos porque conhecemos uma polonesa na estação de trem que nos guiou até 
Toruń, onde ela também desceu. Retornamos de Toruń para Bydgoszcz de ônibus. 

Toruń é uma cidade pequena, medieval e encantadora, mas não foi por isso que escolhi passar o meu aniversário de 32 anos por lá. Conhecer a Polônia sempre foi meu sonho por um motivo: Nicolau Copérnico. 

De Mochila pela Polônia - parte 2: Gdansk!

Abril/2013

Saímos de Toruń bem cedo e da rodoviária pegamos um ônibus até Gdańsk. São 2h30 de viagem. Não me recordo o valor da passagem.

Gdańsk é uma das cidades mais antigas da Polônia. Foi o local que deu início a Segunda Guerra Mundial, diante da negativa dos poloneses em ceder Gdańsk (na época Danzig) aos alemães. Foi também onde a queda do Comunismo na Europa Central começou. Uow!

Nos meus primeiros passos em Gdańsk, um polonês me parou e pediu para tirar uma foto com ele. Isso me acontece com muita frequência, devido a minha beleza irresistível, of course! ahahaha, Zueiras a parte... é muito engraçado quando isso acontece! Enfim, foto com o tiozão polonês!




1 de fevereiro de 2015

De Mochila pela Alemanha e Luxembourg: Informações!

Tirei um final de semana - feriado da páscoa de 2013 - para viajar. Decidi ir para Luxembourg e fechar a minha visita ao Benelux (Bélgica, Holanda e Luxemburgo).

Percebi que quatro dias só em Luxemburgo seria muito para mim, sendo assim fui para Trier, na Alemanha - que fica a uma hora de Luxemburgo City.

Foram dois dias na Alemanha e três dias em Luxembourg.

Como chegar?

De Mochila pela Alemanha - parte I: Trier!

Março/2013

Cheguei em Trier no meio da tarde. Me hospedei no hostel Kolpinghaus Warsberger Hof, localizado no centro histórico da cidade.

Da estação de trem fui caminhando até lá. São aproximadamente quinze minutos de caminhada e você saberá quando chegar, porque a primeira coisa que você verá é a Porta Nigra, cartão postal da cidade.

Trier é uma cidade linda e a mais antiga da Alemanha. Foi fundada por romanos em XVI a.C, mais precisamente pelo imperador Augustos e levava o nome de “Augusta Treverorum”. Chegou a ser conhecida como “a segunda Roma”. Mas os romanos não foram os primeiros a chegarem, a cidade era ocupada por tribos celtas bem antes da sua invasão.

Augusta Treverorum serviu como capital de Roma por mais de 400 anos. A cidade passou por várias guerras entre França e Alemanha. Em 1794, como resultado das guerras napoleônicas, Trier passou a fazer parte da França. Mas em 1815, com a derrota dos franceses, Trier volta a ser território alemão.

A cidade comemorou seus 2000 aninhos, em 1984! Hoje ela tem 2031 anos! É uma velha bem charmosa. :)

De Mochila pela Alemanha - parte II: Cochem!

Março/2013

Cochem é uma cidadezinha linda, encantadora, excepcionalmente cênica, você se apaixona logo de cara! Com casas em estilo enxaimel, a cidade é totalmente tradicional.

De Mochila por Luxembourg - parte I: Luxembourg City!

Março/2013

Chegamos em Luxemburgo a noite e ficamos no hostel Youth. O hostel é próximo a uma das entradas das Bock Casemtes, uma das principais atrações turísticas da cidade.


Quem vai a Luxemburgo deve estar preparado para andar. A cidade é lindamente incrível! Tem mais beleza do território, assim como todo país, mas é cheia de pontos altos e baixos, literalmente. Em alguns pontos da cidade você encontra elevadores públicos, o que facilita muito a caminhada.


De Mochila por Luxembourg - parte II: Beaufort e Vianden!

Março/2013

Como chegar

Saímos cedo do hostel e caminhamos até a estação de trem Central de Luxemburgo City. Lá pegamos um trem até a cidade de Ettelbruck, a jornada dura em torno de uma hora. De lá pegamos os ônibus para Vianden e Beaufort. A Estação de ônibus é ao lado da estação de trem. Pagamos em torno de € 4,00 retorno.

O ônibus para Vianden é número 570. Peça ao motorista para lhe avisar assim que chegar próximo ao castelo.

Para Beaufort, o ônibus virá com o nome da cidade. Você descerá no último ponto, que fica próximo ao castelo. Mas prestem atençao nos horários de retorno, o intervalo entre uma jornada e outra é bem grande.

Beaufort

O Beaufort Castle foi construído em dois período. A parte mais antiga do castelo é datada do século XI. Era uma pequena fortaleza rodeada por um lago. Na metade do século XII foi adicionada uma das torres e o portão de acessoa ao castelo reconstruído. O castelo passou ainda por várias construções até que em 1649 ele foi concluído.

Conhecido também como “Castelo dos Cavaleiros”, foi completamente abandonado e com isso deteriorado. No início do século XIX foi usado como pedreira!

Em 1850, o governo de Luxemburgo, até que enfim, declarou o castelo como uma herança cultural. Em 1928 decidiram limpar toda a área e abri-lo para visitação, até que enfim!

30 de janeiro de 2015

Novas postagens no forno!!

Gostaria de agradecer a todos que visitam o blog! Espero que através dos meus posts vocês consigam a ajuda que buscam.

Estou de volta ao Brasil, mas ainda tenho muita história divertida, curiosidades e dicas para dividir com vocês!

Estou trabalhando no próximo post sobre a viagem que fiz para Luxemburgo e Alemanha. Muito em breve ele estará liberado no blog.

Obrigada a todos que sempre acompanham as minhas aventuras!

Abraços!

Foto tirada em Machu Picchu, Peru

21 de agosto de 2014

O blog está ativo, pero desatualizado.... :P

Olá Pessoal!

Tenho muito que escrever e postar aqui, mas acabei me atrapalhando e também pela falta de tempo, acabei acumulando muitos posts!

Tenho que escrever sobre Malta, Luxemburgo, Alemanha, Polônia, Áustria, Eslováquia, Eslovênia, Republica Checa, Hungria, Portugal, Croácia, Bósnia & Herzegovina, Servia, Estados Unidos e mais alguns países que vou visitar a partir do mês que vem e alguns lugares que visitei aqui na Irlanda.

Estou passando só para avisar que daqui a pouco tem mais posts!!!


Beijos!

Foto tirada em Belgrado, Servia

20 de abril de 2013

De Mochila pela Romênia... a terceira vez!: Sinaia - Transilvânia


Pois é, lá vou eu pela terceira vez visitar a Romênia!

Desta vez foi para as festas de final de ano: natal e ano novo.

Mas não vou entrar em detalhes sobres os lugares que eu já visitei, vou direto a novidade da vez: o Castelul Peleş (se lê Pelechi).

Sinaia é uma cidade linda no meio das montanhas na região da Transilvânia.
www.demochilapelaeuropa.blogspot.com

18 de abril de 2013

De Mochila pela Itália, again - parte 1: Bergamo em um dia!


Essa foi a minha segunda aventura pela Itália, mas desta vez visitei as cidades de Bergamo e Milão.

A ideia de voltar para Itália foi para visitar um grande amigo do Brasil que atualmente reside em Milão. O Elder, assim como eu, resolveu respirar um pouco do ar europeu e saiu de Ribeirão Pires para Milão!! :)

Os voos da Ryanair, que saem de Dublin, vão direto para o aeroporto da cidade de Bergamo. Para chegar até Milão, você tem duas opções: ir de trem ou de ônibus fretado. Ônibus urbanos saem com frequência do aeroporto para a estação de trem e os fretados saem direto do aeroporto para Milão.

Chegamos em Bergamo e o Elder já nos esperava por lá. Foi muito bom rever um grande amigo!

De Mochila pela Itália, again - parte 2: Milão


Dia 01

Chegamos a noite em Milão e como andamos o dia todo em Bergamo - com as mochilas nas costas - fomos direto para o hotel.

Nos hospedamos no Hotel Ca'Grande. Fica longe das principais atrações, mas é barato, simples e próximo a estação de trem e metro. Para falar a verdade não gostei muito do local, nada demais, só achei estranho.

Milão é uma cidade grande e só. É bonita, mas prefiro visitar vilas medievais, como Bergamo por exemplo! :)

Nos encontramos com o Elder no metro e fomos conhecer a cidade. A primeira parada foi no Duomo.

O Duomo é a Catedral de Milão. Em estilo gótico, tem 157 metros de comprimento e 109 metros de largura. A catedral tem mais naves do que os Flashmans!(Dãã!) O interior tem cinco naves com 45 metros de altura, dividias por 40 pilares e um transepto com três naves.

11 de abril de 2013

De Mochila pela Grécia! - parte 1: Introdução

Primeira dica: uma semana na Grécia não é suficiente para quem é amante de história, como eu.

Confesso que fiquei louca para passar mais de uma semana neste país incrível, mas o tempo curto não me permitiu. Um dia voltarei para desbravar o resto do país. :)

Vou dividir o post "De Mochila pela Grécia" em várias partes para leitura não ser cansativa. Tenho várias fotos interessantes para colocar, muitas dicas e histórias para contar.

No post de introdução, vou deixar algumas dicas e falar sobre a culinária grega, responsável pelos meus quilos a mais. A comida é deliciosa e o tempero muito parecido com o tempero brasileiro, o que me fez soltar os freios.

Meu voo saiu de Dublin (Irlanda) pela Aer Lingus, que estava com uma ótima promoção.

Para voltar, saímos de Creta. Compramos o vôo pela Ryanair de Chania para Londres. Lá pegamos outro vôo até Dublin. Essa farofa toda foi porque o vôo direto de Creta para Dublin estava absurdamente caro.

De Mochila pela Grécia - parte 2: Atenas!

Dia 01 (quer dizer, noite):

Fizemos o check in no hotel, largamos as malas em cima da cama e fomos conhecer a cidade. Aproveitamos para jantar e curtir um pouco do calor, que há muito não sabia como era!

De Mochila pela Grécia - parte 3: Delphi!

Dia 03:

Acordamos cedo e seguimos para o Terminal B de Atenas.

A cidade tem dois terminais de ônibus e um fica distante do outro e os dois ficam distantes de Plaka!

Se você quer sair de Atenas, primeiro você precisa saber de qual terminal sai o ônibus para seu destino. Fizemos a pesquisa no Hotel e já saímos de lá para os terminais corretos.

Para chegar até o Terminal B: Pegar a linha vermelha do metro da Acrópoles, Syntagma ou Omonia para Atiki. De lá, pegar qualquer ônibus e descer na parada Praktoria.

Nosso destino foi a cidade de Delphi. A passagem custou €15,00 com retorno e a viagem dura em torno de três horas, por este motivo saímos bem cedo de Atenas para aproveitar bem o dia.

O motivo da visita a cidade de Delphi: o Templo de Apolo. O ônibus nos deixa próximo as ruínas que ficam na entrada da cidade.

Construída em uma grande encosta, Delphi era conhecida como a cidade dos Jogos Píticos e pelo grande famoso oráculo que ficava no templo de Apolo. Chegou a ser conhecida pelo mundo como o centro do universo.


De Mochila pela Grécia - parte 4: Corinth!

Dia 04:

Madrugando mais um dia e desta vez o destino foi a cidade de Corinth. O que fazer lá? Visitar o grande canal e as ruínas de Acrocorinth.

Como chegar até Corinth saindo de Atenas:o ônibus para Corinth sai do Terminal A. Para chegar ao termina, é preciso pegar outro ônibus na Omonia Square. A viagem leva em torno de uma hora e o ônibus te deixa na ponte do grande canal.

A ideia de abrir um canal foi inicialmente de Nero no ano de 67. Nero ordenou seis mil escravos escavarem a região usando uma PÁ cada um... ¬¬ Faz me rir, Nero!

O canal tem 6.3 km de comprimento e 21m de largura, foi construído entre 1881 e 1893.


De Mochila pela Grécia - parte 5: Creta - Heraklion e Knossos!

Dia 05:

Saímos de Atenas bem cedo. Fomos para Creta de avião com a empresa grega Aegean Airlines. O voo dura menos de trinta minutos até a cidade de Heraklion,  capital de Creta e nosso primeiro destino na ilha.

Nos hospedamos no Kronos Hotel. Muito bom e super barato, além da ótima localização: em frente ao mar!

Essa foi a vista da janela do meu quarto no hotel:


De Mochila pela Grécia - parte 6: Creta - Rethymnon!

Dia 06:

Bem cedo, pegamos o ônibus e fomos para cidade de Rethymnon.

Há dois terminais rodoviários em Heraklion. Um fica próximo ao porto e outro fica um pouco depois do centro da cidade. Os destinos na ilha são divididos entre os dois terminais.

Ao chegar em Rethymno, foi o belo mar que nos deu as boas vindas!


De Mochila pela Grécia - parte 7: Creta - Chania!

Dia 07 - Kolimbare e Ag. Marina:

Chania, na minha opinião, foi o lugar mais lindo que eu visitei em Creta. Sei que há lugares maravilhosos na ilha, mas até onde eu cheguei, Chania é de tirar o fôlego!

Nos hospedamos no Kriti Hotel, ótima localização e com uma praia linda bem ao lado.

Primeiro fomos conhecer as praias próximas a Chania. De ônibus fomos até Kolimbare e Ag. Marina.



11 de fevereiro de 2013

24 meses e ... como passou rápido!!!!!


O tempo realmente passa despercebido diante dos nossos olhos!

Vinte e quatro meses longe de casa, da minha família, dos meus queridos amigos...  ufa! Até parece que foi ontem que eu saí do Brasil.
Mas quando se gosta de aventura, a saudade é um dos obstáculos que temos que enfrentar. Aguento firme e forte, o contato com o Brasil é quase que diário e ajuda a amenizar a necessidade do contato físico.

Ainda há saudade das amizades que aqui nasceram, mas que já voltaram para casa, seja para Brasil ou para qualquer outro país. Enfim, tudo na vida tem seu ponto chato, mas faz parte do equilíbrio.

Muitas coisas ótimas aconteceram em 2012, e falando em equilíbrio, coisas ruins também aconteceram, como a morte da minha amada cachorrinha, faz muita falta a minha "doguinha"...
Enfim, decidi ficar mais um ano na verdadeira terra da garoa. Quero aproveitar muito bem meu último ano por aqui e dividir com vocês que sempre acompanham meu blog, todas as minhas aventuras e atrapalhadas!

O blog tem quase 40 mil visitas!!! Obrigada! :)

Abraços!

4 de setembro de 2012

Trim Castle, Co. Meath

Não canso de dizer que a Irlanda é um país com infinitas maravilhas, dotado de beleza histórica e natural e o melhor de tudo isso é que, alguns lugares você pode conhecer em apenas um dia e sem correria, como a cidade de Trim, por exemplo.
 
Trim, localizada no condado de Meath, está a 45km de Dublin. A cidade pequena e charmosa tem um conteúdo gigantesco de historia.
É conhecida mundialmente pelo seu castelo. O Trim Castle, um castelo anglo-normando e o maior da Irlanda, foi cenário do filme Braveheart (Coração Valente) interpretado pelo ator Mel Gibson no ano de 1995. Até então, a cidade não recebia tantos turistas como hoje. O castelo foi cuidadosamente restaurado e aberto ao publico no ano de 2000.